Arte na cozinha

Que cozinhar é uma arte ninguém pode negar. Afinal, está bastante claro pra todo mundo que tem gente que tem o dom de fazer comida gostosa. A pessoa iluminada simplesmente abre a geladeira, cata o que tem dentro e voilà: sai um prato maravilhoso em poucos minutos! Não, o meu caso não é esse. Na verdade, eu já passei por várias fases.

Acho que a primeira foi quando pedi que minha mãe me ensinasse a cozinhar de verdade! Queria aprender a fazer pratos diferentes. Ela cozinha muito bem, e adora testar novas receitas. Já minha irmã e eu adoramos ser suas cobaias!! Eu pensava que tinha tirado a sorte grande por ter uma “professora” em casa e tals. E aí, quando me apresentava na cozinha pronta pra aprender, ela dizia pra mim: “vai lavando aí essa louça e fica olhando”. Preciso dizer que não funcionou? Bem não funcionou pra mim, né? Não consegui aprender o que era o tal do “ponto” quando novos ingredientes são adicionados. Mas pra ela funcionou! Tem coisa melhor do que terminar de cozinhar e ter a louça limpa?

SONY DSC

Quando eu percebi que o método dela não funcionava resolvi me rebelar  e comecei uma nova fase! Perturbei minha mãe até poder me livrar da louça e ficar só cuidando dos ingredientes. Finalmente, eu ia por a mão na massa e não na louça! Mas não deu certo de novo! GRRRR!!! Eu virei especialista em picar cebolas (sem chorar), alho, tomate, descascar batata, cenoura, etc… Além de conseguir realizar quase todos os tipo de cortes com eles. Mas cozinhar mesmo que é bom, nada!

Qualquer um ficaria triste e desmotivado, mas não eu! Decidi que ia aprender por conta própria. Então, buscava um monte de receitas, e ia ao mercado comprar exatamente o que estava na lista de ingredientes. Voltava pra casa feliz da vida! Seguia a receita como sigo os protocolos do laboratório, na esperança de que assim nada de errado pudesse acontecer. Só que, sim, acontecia, e no final nem eu queria comer o que  havia preparado. Pedia ajuda pra minha mãe de novo, e ela só de ler as receitas já dizia: “não tá vendo que isso não ia dar certo? Não é assim que se faz”. Como assim?? Se não é assim que se faz porque diabos colocaram na receita? Essa foi minha fase incrédula: nenhuma receita funciona!

Só que um dia, eu saí de casa e fui morar sozinha. Comer porcaria todas as noites definitivamente não estava nos meus planos (nutri feelings). Foi então que comecei de novo a tentar cozinhar. Morei com uma menina que, assim como minha mãe, tinha o dom de cozinhar. Ela não se incomodava que eu ficasse espiando e perguntando o que estava fazendo (bem, ela nunca reclamou, acho que nunca nem perguntei se podia hahaha). A dona da casa em que morávamos também gostava de me mostrar como fazia seus pratos. Aos poucos fui tomando gosto pela coisa, e os amigos foram percebendo. Até ganhei um caderno de receitas de presente de aniversário!

SONY DSC

Gostava de tentar cozinhar o jantar pra todo mundo, e ficava cada vez mais motivada conforme as pessoas iam elogiando. Ainda não sou capaz de pegar o que tem na geladeira e transformar num prato delicioso, mas pelo menos agora eu fiz as pazes com a culinária. Às vezes não dá certo, mas acho que isso faz parte do processo, né?!

De qualquer forma, se no final a realidade do alimento preparado não é a mesma da expectativa, eu ainda posso decorar a cozinha! Isso eu sei fazer e muito bem! Afinal de contas, é tão legal ter uma cozinha ajeitadinha onde os amigos podem sentar e bater papo enquanto eu termino de fazer algo pra nós. Por isso, a fase agora é de comprar e fazer mimos para deixar o ambiente ainda mais aconchegante! Confesso que estou amando! Vou postar aqui no blog algumas inspirações que eu for encontrando!

Anúncios

Deixe seu pitaco!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s